domingo, 18 de setembro de 2011

Blog do Anísio: O antigo e o atual estão bem próximos

Blog do Anísio: O antigo e o atual estão bem próximos:           No começo,  quando vi o filme “A Revolução Dos Bichos”, não tinha gostado, mas prestei melhor minha atenção e vi que é bem parecid...

Blog do Anísio: A revolução

Blog do Anísio: A revolução: No filme mostra Napoleon, que se aproveitava de ser líder e tinha vários previlégios que os outros não tinham. Como Napoleon, Nicolau II gov...

Blog do Anísio: O Livro Que Li

Blog do Anísio: O Livro Que Li: Eu li “Senhor dos Anéis”. É a historia de Frodo Bolseiro. Frodo, sendo um hobbit e segundo há informações dados por personagens do livro, e...

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Geração Z lendo sobre Ciência e Tecnologia

Alguns alunos da escola participaram do Evento Geração Z, do Fronteiras do Pensamento. Outros permaneceram na escola, pesquisando sobre o assunto. Confira abaixo o que aprenderam.

Pesquisas sobre doenças virais

Bom, como não fui ao passeio, eu e mais alguns alunos ficamos na informática pesquisando sobre o assunto desenvolvido hoje na geração Z.

Aids: Aprendi que no Brasil foram 544 mil casos até o ano de 2009. Na África Subsaariana são mais de 22 milhões, representando 67% de total de infectados, sendo que um 1/5 são crianças. Como um infectologista brasileiro Quito Levi disse, “Quem se trata não morre mais de Aids” mas ainda há populações que não têm acesso á medicação em tempo.

Malária: Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) de 2006 mostram que cerca de 1,5 milhão de pessoas morrem pela picada do mosquito da malária. A cada 30 minutos uma criança morre de malária na África. Quando não morrem, ficam com problemas mentais para sempre. Em fevereiro de 2011, anunciaram o resultado de uma promissora vacina contra malária. Milhares de crianças foram imunizadas na África e quase (45,8%) ficou protegida.
Patrícia S. do Amaral - C33
06.09.2011


Fronteiras: doenças sexualmente transmissíveis


A AIDS é uma doença incurável trasmitida pelo vírus HIV através do sangue, sêmen, fluidos vaginais e leite materno.
A melhor maneira de combater o vírus é impedir sua multiplicação. É o que fazem os remédios anti-HIV, que baixam a carga viral, tornando possível a restauração do sistema imunológico.
Mas os remédios podem apresentar efeitos colaterais, como:cansaço, náusea, vômito, anemia e etc...Então, o melhor a fazer é tentar evitar sempre usando camisinha!!!
Os cientistas ainda estão desenvolvendo um remédio ou uma vacina, mas o vírus é muito forte e tem grande poder de mutação
O teste para ver se a pessoa possui o vírus do HIV é de graça e é pelo sangue.
Mas não devemos nos preocupar só com a AIDS, também deve-se preocupar com outras doenças como sífilis e gonorréia, que são também doenças sexualmente transmisíveis.

Nome:Vinicius Würdig Garcia
Turma:C34
Data: 06/09/2011


CLONAGEM

Em 1903 Herbert J. Webber criou o termo clonagem.
Mas a palavra só ficou mundialmente conhecida quando criaram a ovelha Dolly.
A clonagem é o processo natural ou artificial onde são produzidos organismos geneticamente idênticos.
Em 2003 foram clonados quatro porco;, em 2007 foram clonados embriões de macacos e, a partir deles, isolaram linhagens de células-troncos embrionárias.
Existem pessoas que pagam fortuna para terem o seu corpo, após a morte, congelado em nitrogênio líquido, para garantir a sua continuidade biológica.
O que mostra é que a eficiência é baixíssima, e todos animais clonados tiveram problemas graves e um terço dele, morte prematura.
A Doutora Lygia alerta que é possível que tenha cientistas criando às escondidas. Talvez um dia seja possível criar clones humanos sem riscos de malformações ou doenças.
A ovelha Dolly foi criada em 1996 e viveu até 2003. Ela teve uma morte prematura aos seis anos de idade.

Nome: Yasmin da Silva Pereira
Turma: C32
Data: 6/09/2011

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

PARADA DA LEITURA EM SETEMBRO

ATENÇÃO!
VEM AÍ A
4ª PARADA DA LEITURA/2011
DIA 23 DE SETEMBRO - MANHÃ E TARDE
2º PERÍODO
VENHAM RESERVAR SEUS ACERVOS!

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Comentário sobre o livro “Espaço e Planetas”

Este é um livro publicado pela editora “Abril Livros” com participação de “Time Life” e faz parte da coleção “Ciência e Natureza” e se chama: Espaço e Planetas.
Alguns participantes deste livro são:
Diretores Editoriais: Patricia Daniels, Karin Kinney
Editor de Texto: Alan Fallow
Redator: Mark Galan
Assistente Editorial: Louisa Potter
Gerente de Produção: Prudence G. Harris
Coodenador de Copy: Jill Lai Miller
Produção: Celia Beattie


Este é um livro muito bom, e é um livro que eu recomendo para quem gosta de astronomia.

Willow G. R. da Silva
Turma: C32
Imprensa Escolar/2011

Poemas no Ônibus

Imprudência


No escuro da noite,
os faróis apagados.
A placa diz: Devagar!
Mas sigo indiferente.

Em rota Proibida,
passo o sinal vermelho.
Velocidade máxima, me perdendo nas
curvas do teu corpo...

Ricardo Lemos Tastch


Comentário:
Este poema me marcou pois foi um dos poucos poemas interessantes que vi em um ônibus, e também foi porque achei que era um poema romântico, mas ele não é um poema com malícia ou que tenha alguma coisa muito pesada ou obscena e isto me chamou a atenção. Aí copiei ele. Divulguei ele porque eu achei interessante e imaginei que outras pessoas poderiam gostar também.

Willow G. R. da Silva Turma: C32
Projeto Imprensa Escolar/2011

terça-feira, 30 de agosto de 2011

O Mapa

Ufa! Finalmente o vídeo está postado. Trabalho de locução dos alunos da C32 no Projeto Imprensa Escolar Taí.


video

quinta-feira, 21 de julho de 2011

PARADA DA LEITURA EM AGOSTO



ATENÇÃO!
VEM AÍ A
3ª PARADA DA LEITURA /2011
16 DE AGOSTO – MANHÃ E TARDE
2º PERÍODO
ORGANIZEM SEUS ACERVOS!

domingo, 3 de julho de 2011

Tenho vontade de lágrimas

POIESIS.AGENDACOMPARTILHADA

Pequena Rua dos Cataventos Para Crianças Pequenas

“Toda literatura consiste num esforço para tornar a vida real. Como todos sabem, ainda quando agem sem saber, a vida é absolutamente irreal, na sua realidade direta; os campos, as cidades, as ideias, são coisas absolutamente fictícias, filhas da nossa complexa sensação de nós mesmos. São intransmissíveis todas as
impressões salvo se as tornarmos literárias. As crianças são muito literárias porque dizem como sentem, e não como deve sentir quem sente segundo outra pessoa. Uma criança, que uma vez ouvi, disse, querendo dizer que estava à beira de chorar, não “Tenho vontade de chorar”, que é como diria um adulto, isto é, um estúpido, senão isto: “Tenho vontade de lágrimas”. E esta frase,absolutamente literária, a ponto de que seria afetada num poeta célebre, se ele a pudesse dizer,refere absolutamente a presença quente das lágrimas a romper das pálpebras conscientes da
amargura líquida. “Tenho vontade de lágrimas”!Aquela criança pequena definiu bem a sua
espiral.” (Pessoa, 2006, p. 28)

Há duas semanas atrás, fui conversar com quatro turmas de crianças bem pequenas da Escola Municipal de Ensino Fundamental Anísio Teixeira, aqui de Porto Alegre, a convite de Denise Maia, uma jóia de educadora, Supervisora da Escola. A Escola estava homenageando Mário Quintana em sua Feira do Livro: vejam só!
Senti-me tão honrada com o convite, que peguei o saco de “Cataventos , a Lili inventa o Mundo, o Sapo Amarelo” e lá fui, sorrisão feliz, fazer uma Pequena Rua dos Cataventos com as Crianças Pequenas daquela Escola. Vocês conseguem imaginar minha alegria e meu orgulho? Pois sim, sei que conseguem. É só imaginar uma guria que desde a 3ª série lê Quintana, mas que foi amá-lo na 5ª série com a professora Teresa, lá no Freitas Valle, e que apaixonou-se por ele ao apaixonar crianças de suas 1ªs séries, e que depois virou adulta, e mais madura, e viciou em Quintana vida afora. E que lá pelos 100 anos de Mário, já quarentona,( e com outras quarentonas juntas – porque isso não é coisa de se fazer sozinha) foi brincar com a Poesia dele no meio da Praça, por dois dias, só para contar para outras e mais outras crianças quem ele era, não só como alegretense, mas como poeta e maravilhoso literata inventor de palavreados sedutores e engraçados que ninguém consegue fazer igual até hoje. Pois é. Não é difícil, então, vocês imaginarem minha alegria em tendo em Quintana um amor, e tendo nele meu candidato a uma paixão e esperança de tornar-me candidata dele também (desconhecida) depois de Bruna Lombardi e Sofhia Loren!
Fui até a Escola, montei a Rua dos Cataventos improvisada debaixo de um ventilador de teto, e juntando-me a *ele, Mário, que estava sentado, datilografando, em uma escrivaninha (*um boneco tamanho gente, lindo e sósia dele), coloquei-me a conversar com as crianças, a brincar com as poesias e a ensinar as crianças a brincar com as poesias de Mário. Que manhã voadora! As horas passaram e eu não as senti, embebida pelo interesse das crianças em saberem mais de Mário e em fascinarem-se com sua poética alegremente debochadinha e surpreendente. Aquelas pequenas crianças me ensinaram pequenas virtudes. Uma delas: homenagear as pessoas simplesmente, sem precisar que façam 50 anos ou 100 anos ou Bodas disso ou Bodas daquilo. Outra virtude: sentar no chão faz bem. Principalmente, com um livro na mão.
Depois que saí de lá, fiquei pensando como perdi quando distraí-me da poesia de Mário, por alguns poucos tempos! Fiquei pensando o quanto perderam todos aqueles que constituíram preconceitos com Mário Quintana, e deixaram de ler sua criatura fantástica! Fiquei pensando em todos aqueles que nunca deram valor a um verso seu, nem leram uma linha só, nos que não acreditaram em sua arte por ela não ter brilhos e paetês e fazer-se tão simples e tão singela e tão simples e tão singela e nos que não acreditaram nele por ele ser tão pobre e tão sem nem um castelo sequer, e só nos hotéis morando de emprestado, sem nada de material para converter em famas e posições e status e todas estas coisaradas que o capitalismo inventou e deu o nome de Felicidade. Fiquei pensando naqueles Oh! daquelas crianças da Escola Anísio Teixeira, a cada vez que eu rimava de pé quebrado o gato preguiçoso da segunda-feira ou a galinha que a Lili não queria comer de dó! Quanta diferença entre o mundo das crianças pequenas e de uma Rua dos Cataventos e o mundo dos adultos atrapalhados com seus bens, seus luxos fúteis e seus status quo.
Bendito Mário, que vivo fazia a gente suspirar de poesia, e que morto, faz a gente continuar suspirando de poesia. Bendito Mário que me ensinou o que é poesia, o que é liberdade, o que é autonomia na escrita poética. Que me ensinou que escrever não está à venda, que não precisa ser escravo de rima, que posso escrever como bem entender, que posso fazer poesia com uma minúscula formiga.
Bendito Mário! E Bendita eu, Bendito tu, Bendito nós, Bendito vós, Bendito todos e todas que se libertam, e ao se libertar, libertam outros e outras pelas palavras!

Ana Felicia Guedes Trindade
Mestra em Educação PUC/CAPES
Doutoranda em Educação PUC/CAPES
Professora da Rede Municipal de Educação de Porto Alegre

sábado, 2 de julho de 2011

Desenhos de Mangás - por Fernando Vinícius, da turma C12/2011

Meus desenhos são mangás (do Naruto). Comecei a fazer com 9 anos de idade. Desde que vi o desenho Naruto comecei a me inspirar. Gosto muito de fazer porque vejo outras pessoas desenhando aí pelo mundo e gostaria de ser como eles. Bem, aprendi a desenhar olhando o desenho na televisão. aí comecei a copiar lado a lado, até que agora desenho sem olhar outro desenho. Bem, olho na televisão o Anime Naruto.













quinta-feira, 9 de junho de 2011

Feira do Livro - 2011 na Zero Hora


Feira do livro na Anísio Teixeira



A 13ª Feira do Livro da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Anísio Teixeira, que ocorre de 11 a 17 de junho, na Hípica, homenageará o poeta gaúcho Mario Quintana. A abertura ocorre sábado, das 9h às 16h, e, entre as atrações, estão a apresentação da Orquestra de Flautas da EMEF HeitorVilla-Lobos, venda de livros, Feira do Troca-Trocae oficinas. Pelo menos 13 editoras e distribuidoras de livros garantiram presença na feira e prometem boas promoções entre as publicações novas e usadas.

Os alunos da professora Ana Zatt organizarão nos recreios da manhã e à tarde a Feira do Troca-Troca, em que a comunidade escolar poderá levar seus livros e trocá-los por outros títulos. Com atividades diversificadas para todas as turmas, incluindo a EJA, a feira é aberta à comunidade nos três turnos. A escola fica na Rua Francisco Matos Terres, 40, no Loteamento Urubatã. Informações pelo fone 3264-1540.








terça-feira, 31 de maio de 2011

Feira do Livro - 2011

Imperdível!!

XIII Feira do Livro/2011

Homenagem a Mário Quintana.



De 11 à 17/06 na Biblioteca da E.M.F Prof° Anísio Teixeira. Livros a preços promocionais, além de varias atividades culturais.



Não deixe de comparecer!!!

terça-feira, 10 de maio de 2011

Clube do Livro






Você é louco por livros!? Lê no recreio em vez de ficar com a galera!? Briga por causa do Naruto!? Enche o saco por causa do Crepúsculo!? Grita histericamente por causa do Edward Cullen (ou você prefere Jacob Black???)! Sapateia por causa do Harry Potter... ENTÃO Junte-se a nós!!!!!!!!!!!!


Inscreva-se no clube do Livro!


Fichas de inscrição e mais informações na Biblioteca.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Parabéns, Camila!

No dia 05 de fevereiro de 2011 nossa ex-estagiária, Camila Bittencourt, formou-se no curso Técnico em Biblioteconomia, pelo Instituto Federal de Ciência, Educação e Tecnologia do Rio Grande do Sul. CAMILA, DESEJAMOS MUITO SUCESSO EM TEU FUTURO PESSOAL E PROFISSIONAL. PARABÉNS!